Ceará Sporting Club - Campeão da Popularidade
Entrevistas
"Tenho um sonho de ver o clube livre de todos os passivos e estável na primeira divisão" (Pedro Mapurunga)

"Meu sonho é ver o Ceará estável na Série A"

Entrevista com Pedro Mapurunga (Diretor de Cultura, Biblioteca e Documentação)

Apaixonado pelo Vozão, atualmente Diretor de Cultura, Biblioteca e Documentação, Pedro Mapurunga Azevedo, dedicou seis anos de pesquisa para produzir o livro “Assim Se Construiu o Campeão”, que relembra as 25 conquistas do Mais Querido, no período entre 1914 e 1978.



CearáSC.com: Desde quando passou a fazer parte do corpo diretivo do Clube?


Pedro Mapurunga: Desde 2015.

CearáSC.com: Quais os projetos já em andamento e as idéias para implementações futuras no departamento que você dirige?

Pedro Mapurunga: Muitos projetos, a pasta de biblioteca, cultura e documentação no passado era pouco trabalhada, principalmente porque o clube tinha outra estrutura e outro orçamento. Agora viemos para revolucionar a pasta. Vamos lançar o Almanaque do Vozão, que está quase pronto, são quase 30 anos de pesquisa de dois grandes pesquisadores. Estamos fazendo o calendário alvinegro, catalogando todas as datas importantes da história do clube e fazer essa divulgação. Estamos criando um sistema de armazenagem de dados de todos os ex-atletas e atletas que contempla todas as estatísticas destes. Estamos fazendo a biografia de todos os ex-presidentes, conferindo as datas de posse e saída e também levantando todas as diretorias do passado. O centro cultural terá um novo projeto e uma nova roupagem, dentro do nosso atual nível. Estamos catalogando e arquivando as camisas do passado, que não tínhamos nenhuma, hoje já temos quase uma centena. Fizemos a historiografia dos escudos do clube e vamos fazer das camisas. Esses são apenas alguns dos muitos objetivos que temos para conquistá-los até o fim do mandato do presidente Robinson.

CearáSC.com: Como chegou a função de Diretor?

Pedro Mapurunga: O Presidente Robinson de Castro me ligou no final de novembro e fez o convite. Aceitei-o como uma convocação, não poderia negar.

CearáSC.com: Como surgiu a idéia de criar o projeto dos Consulados?

Pedro Mapurunga: O nosso projeto é inspirado no Internacional de Porto Alegre, que tem milhares de Sócios Torcedores Consulado. Mas os pioneiros no Vozão são os líderes da Embaixada de Brasília, eles fundaram o grupo em 2009, em 2010 o Clube oficializou. Agora nós estamos fazendo um plano de expansão para o Brasil e o mundo.

CearáSC.com: Como consegue conciliar a carreira profissional com a dedicação ao Ceará?

Pedro Mapurunga: Me considero um devoto do ceará Sporting Club, gosto também de planejar e programar minhas tarefas. Eu trabalho com cera de carnaúba e construção civil, logo eu tenho três agendas: os setores de trabalho e o ceará. Então traço aquilo que acredito que seja possível cumprir e divido minhas obrigações, claro que nem sempre as coisas funcionam como a gente planeja, quando isso acontece, entramos nos terceiro e quarto turnos de trabalho.

CearáSC.com: Qual seu maior sonho em relação ao Ceará?

Pedro Mapurunga: Tenho um sonho de ver o clube livre de todos os passivos, estável na primeira divisão e que tenhamos uma infra-estrutura semelhante a dos maiores clubes do país. Com isso, os resultados dentro de campo irão aparecer automaticamente.

Galeria