Em jogo de sete gols, Vozão vence e garante melhor campanha da 1ª Fase
Campeonato Cearense

Em jogo de sete gols, Vozão vence e garante melhor campanha da 1ª Fase

O duelo marcou também a estreia do técnico Silas

Autor de dois gols e também de uma assistência, Marcos Aurélio comemorou muito
Autor de dois gols e também de uma assistência, Marcos Aurélio comemorou muito
(Foto: Christian Alekson/CearaSC.com)

Quem foi ao estádio Presidente Vargas (PV) na noite deste sábado, 14/02, não se arrependeu ao ver a estreia do técnico Silas. Após um primeiro tempo disputado, Ceará e Maranguape voltaram calibrados para a etapa final e fizeram um 4 x 3 eletrizante. Depois de abrir 3 x 0, o Vozão relaxou e sofreu o empate, porém, um minuto depois da igualdade, Marcos Aurélio reapareceu bem no jogo e garantiu a vitória dos alvinegros, que se despediram da 1ª Fase do Campeonato Cearense 2015 com a melhor campanha.

O Ceará começou o jogo mostrando que o mandante precisa tomar as iniciativas, no entanto, as oportunidades criadas por William e Marinho foram desperdiçadas. Na resposta, o Maranguape tentou com Felipe e França, que também desperdiçaram. As melhores chances do Alvinegro surgiram aos 18 e 19 minutos.

Na primeira chance, Wescley recebeu de William e chutou com força, porém a bola explodiu na trave. No minuto seguinte, Samuel Xavier fez jogada pela direita e finalizou por cobertura, no entanto, o goleiro Milton Buqueirão desviou com a ponta dos dedos e ainda viu a bola bater na trave direita, antes de ser afastada pela defesa.

A grande chance da etapa inicial foi do atacante Gugu, aos 28 minutos. O camisa 11 recebeu passe de França e ficou livre na área para mandar a bola para o fundo das redes, porém, o atleta errou no chute e mandou pelo lado direito do gol, mesmo com o goleiro Luís Carlos fora da meta. Depois disso, Marcos Aurélio tentou em mais duas cobranças de falta, mas não conseguiu marcar.

Aos 37 minutos, Marinho deu bom passe para Wescley, que matou no peito e chutou colocado, obrigando o goleiro Milton Buqueirão a fazer uma grande defesa. Seis minutos depois, foi a vez de França arriscar, mas a bola saiu pela linha de fundo, mantendo o 0 x 0  no marcador.

Para a etapa final, o técnico Silas colocou Assisinho na vaga de Marinho e a alteração colocou “fogo” na partida. Aos quatro minutos, Samuel Xavier cruzou e Assisinho desviou de cabeça, fazendo a bola bater no zagueiro e explodir no travessão. Na sequência, Marcos Aurélio cobrou falta colocada, mas mandou por cima. Aos 11 minutos, Silas mandou Ricardinho a campo, ocupando a vaga de Uillian Correia.

As redes do estádio Presidente Vargas (PV) só começaram a balançar aos 12 minutos, quando Marcos Aurélio cobrou falta na medida par Sandro, que subiu absoluto na área e mandou no canto direito de Milton Buqueirão. Depois disso, William sentiu fortes dores na virilha e saiu para a entrada de Eloir.

O meio-campista entrou muito bem e precisou de apenas quatro minutos para balançar as redes. Após tabela com Assisinho, Eloir recebeu na área e chutou com força para ampliar: 2 x 0. Quando o torcedor ainda comemorava nas arquibancadas, Marcos Aurélio tratou de estender a alegria. O camisa 10 arriscou de fora da área e contou com um desvio na zaga para fazer 3 x 0 no marcador.

Para quem achava que o jogo estava decidido se surpreendeu com uma reação inesperada do Maranguape. Aos 28 minutos, Cleiton cobrou pênalti e diminuiu o marcador. Três minutos depois, Nego Pai recebeu na entrada da área e acertou o canto direito de Luís Carlos, colocando pressão no Mais Querido.

Precisando marcar para buscar uma tranqüilidade maior no placar, Ricardinho teve duas chances. Na primeira, em cobrança de falta, o meio-campista parou em Milton Buqueirão. Depois disso, foi a vez da defesa tirar em cima da linha o chute do camisa 18. Depois de perder duas oportunidades, o Maranguape aprontou. França recebeu na área e chutou colocado, acertando o canto de Luís Carlos: 3 x 3.

A tensão tomou conta das arquibancadas do PV, mas no minuto seguinte, Marcos Aurélio recebeu pelo lado esquerdo da área, limpou a marcação e chutou colocado. A bola ainda bateu no travessão, antes de ultrapassar a linha que valida o gol. Nos minutos finais, o Alvinegro adiantou o time e não sofreu pressão do Maranguape, com isso, a vitória por 4 x 3 deixou o Ceará isolado na liderança do grupo A2, mantendo a melhor campanha da competição (seis vitórias, um empate e apenas uma derrota).

Agora, o elenco do Vovô vai ter o domingo de carnaval para descansar e voltará às atividades somente na próxima segunda-feira, 16/02, quando o grupo vai iniciar a preparação para enfrentar a equipe do Botafogo/PB, pela Copa do Nordeste 2015.

Saiba mais sobre o duelo recheado de gols entre Ceará 4 x 3 Maranguape: http://vozao.net/1xTisvF.

[14-02] Ceará 4 x 3 Maranguape

Participe das nossas promoções, clique AQUI e faça seu cadastro.


Relacionadas

Últimas